Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
domingo, 13 de outubro de 2019

PostHeaderIcon Nova cota potencializa turismo de compras em Foz do Iguaçu

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos de Foz do Iguaçu, Gilmar Piolla, disse, no último dia 11, que a nova cota de compras terrestres de US$ 500, anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, vai potencializar ainda mais o turismo de compras na fronteira trinacional. "Uma ótima notícia a decisão do presidente. Reivindicamos esse aumento desde 2014, quando fizemos um estudo pelo Codefoz e apresentamos à Receita Federal e ao Ministério da Fazenda. Agora, cinco anos depois, essa medida está sendo implantada", disse Piolla.

"O aumento da cota vai potencializar ainda mais Foz do Iguaçu como destino de compras. A cota será de US$ 500 para quem atravessa a fronteira (Paraguai e Argentina) e esperamos que também seja ampliada de U$$ 300 para US$ 500 a cota de compras em lojas francas que serão instaladas em Foz do Iguaçu, totalizando U$$ 1.000 para quem nos visita", completa Piolla. “Nossa meta é atrair pelo menos um em cada quatro brasileiros que viajam a compras no exterior”, afirma o secretário.

No twitter, Bolsonaro confirmou a ampliação da cota de compras terrestres - no caso de Foz do Iguaçu, via as pontes da Amizade (Paraguai) e Fraternidade (Argentina). "A cota permitida para compras no Paraguai também vai mudar. O governo vai ampliar de US$ 300 para US$ 500 o valor máximo por pessoa que cruza a fronteira", disse.

"O governo vai dobrar o limite atual para compras em free shops. O ministro da Economia, Paulo Guedes, a nosso pedido, prepara decreto para os próximos dias. Os brasileiros que voltam de viagens do exterior poderão comprar US$ 1 mil em produtos nos aeroportos – hoje, o limite é de US$ 500", adiantou o presidente na rede social.

0 comentários:

Postar um comentário