Quero Passagem

terça-feira, 2 de setembro de 2014

PostHeaderIcon United Airlines lança promoção de milhas-prêmio durante três dias para clientes MileagePlus

A United Airlines lançou hoje uma promoção de três dias em que oferece aos membros do Mileage Plus um bônus de até 100% em milhas- prêmio adquiridas entre os dias 2 e 4 de Setembro. O bônus máximo disponível é baseado na quantidade de participantes MileagePlus no mundo todo - quanto mais milhas forem compradas, maior será o bônus para todos. Os membros MileagePlus devem acessar o link united.com/100bonus para adquirir milhas, compartilhar a promoção nas redes sociais e visualizar o progresso do bônus. Cada membro participante irá receber um bônus de no mínimo 35% em milhas- prêmio, em compras através da promoção. O bônus irá aumentar em até 100% se houver mais de 4.500 transações qualificadas. “Essa é uma grande chance para os membros MileagePlus comprarem milhas- prêmio, conectar familiares e amigos e aumentar as chances de bônus”, disse Praveen Sharma, Vice Presidente de Fidelidade da United. “Através do site da promoção, os membros podem facilmente monitorar o progresso do bônus e compartilhar a oferta”. Os membros podem adquirir de 1.000 até o máximo de 100.000 milhas, e intervalos de 5 mil até o máximo de 150.000 milhas. Clientes MileagePlus devem adquirir o mínimo de 5.000 milhas prêmio para participar da promoção. Os termos completos da promoção e as condições estão disponíveis em united.com/100bonus.

PostHeaderIcon Singapore Airlines apresenta troféu para o Grande Prêmio de Fórmula 1 de Singapura


A apresentação do troféu marca o primeiro ano da Singapore Airlines como Patrocinadora Oficial do GP Singapore Airlines 2014. Medindo 52 centímetros de altura por 18,5 de largura, o troféu que pesa 5 quilos foi desenvolvido pela agência de criação da Singapore Airlines a TBWA, e feito à mão pela joalheria RISIS, de Cingapura. Inspirado no logo emblemático da Singapore Airlines, o troféu une características comuns entre a empresa aérea mais premiada do mundo e o esporte automobilístico mais celebrado: inovação, tecnologia e precisão. As três listras douradas, banhadas em ouro, representam poder, direção e velocidade, enquanto as curvas suaves, que fazem lembrar as de um carro de Formula 1, trazem um toque de elegância, sutileza e beleza para a escultura. “Este troféu simboliza a velocidade, movimento, leveza e agilidade, com um tom discreto de elegância e sofisticação – algumas das características que representam a Singapore Airlines.”, disse Foo Chai Woo, vice-presidente para vendas e marketing da Singapore Airlines.

A Singapore Airlines também anunciou na cerimônia que as Singapore Girls, as icônicas comissárias de bordo, estarão presentes no Grand Prix de Cingapura deste ano para trazer um pouco da mundialmente renomada hospitalidade da companhia aérea ao evento internacional. Pela primeira vez na história, 50 Singapore Girls estarão no grid de partida e na entrega do troféu. A cerimônia de inauguração foi na Boutique RISIS no Marina Bay Sands, onde o troféu do campeão do GP de Fórmula 1 Singapore Airlines 2014 estará em exposição até meados de setembro. Este é o segundo ano consecutivo que o RISIS foi escolhido para personalizar o desenho a mão do troféu tão desejado. “Este privilégio reconhece nossos elevados níveis de qualidade, e estamos animados com isso. O evento é uma grande oportunidade para mostrar ao mundo a capacidade dos artesãos de Cingapura,” disse Sr. Rehan Amarasuriya, o diretor da RISIS.

PostHeaderIcon Helibras destaca uso de helicópteros biturbina para missões aeromédicas

A Helibras vai participar do XIV SENABOM - Seminário Nacional de Bombeiros, que acontece entre os dias 3 e 5 de setembro, em Goiânia (GO). No encontro, a empresa vai destacar a atuação dos helicópteros biturbina no resgate aéreo e apresentar uma palestra sobre o uso dedicado das aeronaves para o transporte aeromédico. O EC145, um dos modelos mais indicados para esse tipo de missão, está conquistando grande espaço no mercado governamental. Por oferecer amplas portas corrediças e entradas traseiras tipo concha, o acesso à cabine é bastante ágil e facilita o transporte de pacientes em macas e equipamentos médicos ou policiais. O modelo foi adquirido neste ano pela Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais em uma parceria entre o Corpo de Bombeiros e o SAMU – Serviço de Atendimento Médico de Urgência, que possibilitou a utilização do primeiro biturbina dedicado exclusivamente a operações médicas no Estado. O EC145 também já opera em segurança pública e atendimento médico na Bahia, Maranhão e Ceará. “Essa tendência em adotar o EC145 para missões aeromédicas ratifica a eficiência do modelo por conta do amplo espaço interno e recursos de tecnologia de ponta. O uso do biturbina leve nesses tipos de missões é um caminho sem volta que já havíamos observado em outros países do mundo e só tende a crescer no Brasil”, disse François Arnaud, vice-presidente comercial e de marketing da Helibras. Atualmente 352 unidades do EC145 voam no mercado aeromédico mundial. No total, mais de 2.000 aeronaves compõem o segmento em todo o mundo, com destaque para os Estados Unidos, com 1.071 helicópteros, dos quais 60% são da marca Airbus Helicopters, e a Europa, com 670 (68% Airbus Helicopters). No Brasil, além da tendência de uso do biturbina, os helicópteros monoturbinas já são muito utilizados nesse mercado, como é o caso do Esquilo AS350 e do EC130. Juntos, os dois modelos representam 83% das 47 aeronaves dedicadas à segurança pública e ao atendimento médico no país. Por isso, a Helibras também trabalha na evolução de um novo kit aeromédico para as aeronaves, que deverá ser produzido na fábrica da empresa, em Itajubá (MG), a partir das avaliações do departamento de engenharia e marketing juntamente com clientes do setor. O sucesso do helicóptero Esquilo deve-se à sua agilidade e habilidade para multimissões, além de contar com um financiamento especial – o Finame, do BNDES - com taxa de juros menor e maior prazo de pagamento, por ser produzido no Brasil há 36 anos e adequar-se ao programa de incentivo aos produtos nacionais do Banco. A Helibras é líder do mercado governamental, com 81% de domínio, e do setor aeromédico, com 94% de presença. A Polícia Militar do Estado de São Paulo é o maior cliente governamental da empresa, com 21 helicópteros Esquilo que atendem a uma população de 42 milhões de habitantes.

PostHeaderIcon JATO divulga desempenho global do setor automotivo

A JATO Dynamics do Brasil, líder em fornecimento de informações automotivas, divulga seu release mensal com os dados de veículos vendidos mundialmente em julho de 2014. A China mantém a liderança ultrapassando a marca de 11 milhões de veículos vendidos de janeiro a julho de 2014, representando um crescimento de 9,4% no acumulado e 11% em julho se comparado ao mesmo período de 2013. Os EUA seguem em 2º lugar apresentando alta nas vendas de 10,3%. O Japão mantém a 3ª colocação com baixa de 2,6% no mês de referência. Os dados chineses incluem apenas veículos de passeio. Para o restante dos países os números englobam carros e comerciais leves. Já a Alemanha, na 4ª posição, obteve um aumento de 6,7% em comparação a 2013. O Brasil segue na 5ª colocação, com queda de 13,6% nas vendas de julho deste ano de carros e comerciais leves. Na 6ª e 7ª colocações estão a Índia e a Grã-Bretanha, ambas com crescimento de 3,6% e 9,4% nas vendas de julho em relação ao ano passado, respectivamente. Em 8º lugar ficou a Rússia com retração significativa de 23,1% no mês e 10,1% no acumulado do ano até julho. A 9ª posição foi ocupada pelo Canadá que registrou alta de 11,2% se comparado a julho de 2013. E em último lugar ficou a França com queda de 4,4% no mês em comparação ao mesmo período do ano passado. A Toyota mantém a liderança no ranking mensal por marcas com alta de 0,41% em relação ao mesmo período de 2013. Logo em seguida está a Volkswagen com crescimento de 2,96%. A Ford ocupa o 3º lugar com crescimento expressivo de 9,52% de veículos vendidos em julho se comparado ao ano passado.

PostHeaderIcon Turkish Airlines apresenta Comfort Class para o Brasil

Presente no Brasil há cinco anos, a Turkish Airlines apresenta sua Comfort Class, uma cabine diferenciada, categoria intermediária entre as classes executiva e econômica. A companhia traz para a operação na América do Sul, o Boeing 777, com 337 lugares, e passa a oferecer 63 assentos na Comfort Class, com voos diários para Istambul e Buenos Aires. O grande diferencial da Classe Comfort da Turkish Airlines está no tamanho das poltronas e no maior espaço para as pernas. A distância entre os lugares é de 116 cm (46 polegadas), em comparação com a distância de 81 cm (32 polegadas) nos assentos da classe econômica. É possível também reclinar mais a poltrona e acessar uma ampla variedade de filmes, documentários e jogos. A Comfort Class também oferece um requintado serviço de bordo, com drink de boas-vindas, seleção de saladas e open bar. Há ainda a possibilidade de solicitar refeições especiais, em caso de restrição alimentar, desde que o pedido seja feito com antecedência. A Comfort Class é ideal para passageiros de classe econômica que desejam um serviço mais aprimorado.
segunda-feira, 1 de setembro de 2014

PostHeaderIcon Na Business Elite da Delta Air Lines

Pude ter uma experiência recente na classe executiva da Delta Air Lines, no trecho de São Paulo/Guarulhos a Atlanta, Georgia, ida e volta. O avião, um Boeing 767-300ER, já se tornou um clássico em termos de aeronaves wide-bodies entre o Brasil e os Estados Unidos. A aeronave é configurada nas classes Business Elite (poltronas na disposição 1-2-1) ; Economy Comfort e Economy (estas em 2-3-2).


Antes da decolagem, como já se tornou usual em várias classes executivas e que sempre agrada ao passageiro, são servidos suco de laranja; champagne; salgadinhos e, claro, uma garrafinha de água mineral. Inicialmente, para distração, uma boa folheada na revista de Duty Free a bordo, com as várias opções de compras de itens selecionados e de alta qualidade. Além disso, a ótima revista de bordo Sky, com conteúdo variado, desde matérias sobre destinos até inúmeras informações úteis ao passageiro e também o conteúdo de entretenimento de vídeo, imprescindível numa viagem longa, com filmes e música de vários gêneros.





Apreciados em qualquer voo, um bom fone de ouvido e uma elegante nécessaire com itens úteis são muito bens vindos.
















As poltronas de couro, muito confortáveis, em tons de azul e cinza, conferem modernidade e leveza ao ambiente; convidam ao relaxamento e deixam o passageiro à vontade para desfrutar do atendimento cordial da tripulação. Além da iluminação normal do assento há luz de cortesia direcionável; tomada elétrica e vários plugs para diversos equipamentos serem conectados.













Decolagem realizada e assim que a aeronave estabilizou em altitude de cruzeiro, a tripulação passou de poltrona em poltrona anotando as opções para o jantar. A variedade do cardápio toma alguns deliciosos minutos para escolher entre entrada e prato principal e as bebidas para acompanhar, finalizando com boas opções de sobremesa.







O jantar foi acompanhado de um filme, ao fim do qual sucedeu um outro agradável momento da viagem. Reclinei a poltrona a quase 180 graus e dormi confortavelmente.












Quase ao final da viagem, um farto café da manhã foi servido, antecipando o pouso no Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport, um dos hubs da Delta Air Lines.












A Classe Executiva da Delta Air Lines prima pelo bom gosto e cordialidade, um estímulo ao retorno para outros voos, coroando qualquer viagem a um dos muitos destinos da tradicional companhia.(fotos: João Tilki)




PostHeaderIcon Air China inicia codeshare com a China Express

A Air China e a China Express assinaram um acordo de codeshare na cidade de Guiyang, província de Guizhou, em 29 de agosto de 2014, e as duas empresas aéreas vão iniciar o compartilhamento em voos seletos, uma da outra, a partir de 1 de setembro de 2014. Segundo o acordo, as duas empresas aéreas vão conectar as cidades de Chongqing, Guiyang e Dalian às suas respectivas redes. Com a cooperação, a Air China vai por seu código CA em 32 rotas operadas pela China Express, o que ampliará sua rede de rotas para cidades de segundo e terceiro portes no entorno de Chongqing, bem como nas províncias de Guizhou e Liaoning. Ao mesmo tempo, a China Express vai por seu código G5 em 30 rotas operadas pela Air China, o que vai ampliar sua rede para a maioria das cidades de portes grande e médio da China. Atualmente, a Air China opera mais de 50 rotas para Chongqing, Guizhou e Liaoning, dando aos passageiros fácil acesso à maioria das capitais das províncias chinesas via Chongqing, Guiyang e Dalian. Lou Yongfeng, diretor-executivo do Departamento de Cooperação Internacional, Comitê Comercial, disse: "A Air China sempre atribuiu grande importância à criação de parcerias com outras empresas aéreas. É nossa esperança que nossa cooperação de partilha de códigos com a China Express continue a expandir as redes de ambos os lados e facilite para os passageiros em todo o país viajar para e das regiões no entorno de Chongqing, Guizhou e Liaoning". Luo Tong, vice-presidente da China Express, disse, "A cooperação não somente conecta as redes das duas empresas aéreas, mas também faz com que uma rota-tronco e um voo regional se complementem. O mercado dos voos regionais entrará em um caminho rápido, beneficiando-se das rotas-tronco bem consolidadas. Assim, as operações ponto a ponto do mercado regional serão apoiadas pelas operações das rotas-tronco. A China Express está bastante empenhada em tornar mais acessíveis as cidades de portes pequeno e médio, e o modo mais eficaz de fazer isso, com o mais baixo custo social, é aproveitar totalmente a rede de rotas-tronco para expandir o mercado de voos regionais". A Air China é a única empresa aérea com a bandeira nacional da China e é também a maior empresa aérea entre a China e a Europa e a China e a América. Sua rede de rotas serve a mais de 162 destinos em 32 países e regiões de todo o mundo. A China Express é uma empresa aérea operando rotas regionais para transporte de cargas e passageiros. A cooperação da partilha de códigos entre a Air China e a China Express abre o caminho para parceria entre empresas de rotas-tronco e de voos domésticos, disponibiliza mais produtos para o mercado doméstico, dá mais opções de viagens aos passageiros, promove intercâmbios culturais entre cidades de segundo e terceiro portes com outras partes do país, facilita o desenvolvimento econômico regional e promove ainda mais o desenvolvimento do mercado de voos regionais da China. (fonte: Air China)