Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
sábado, 4 de julho de 2020

PostHeaderIcon SWISS realiza primeiro voo após a retomada da rota São Paulo-Zurique

Como parte do plano de retomada gradual das operações do Lufthansa Group, ontem, 3 de julho, partiu rumo à Zurique, o primeiro voo da Swiss International Airlines (SWISS), que volta a conectar o Brasil à Suíça com a rota São Paulo-Zurique. Inicialmente serão três voos semanais, que partirão de São Paulo às terças, sextas e domingos, às 18:10, e de Zurique às segundas, quintas e sábados, às 13:30 (horário local). De Zurique, os passageiros podem se conectar a 107 destinos. A aeronave que fará o trajeto é o moderno Boeing 777-300 ER, equipado com First, Business e Economy Class.

Durante toda a pandemia, o Lufthansa Group continuou servindo ininterruptamente o mercado brasileiro, permitindo assim que passageiros pudessem retornar aos seus lares durante este período excepcional. Os iniciais três voos semanais mantidos pela Lufthansa na rota São Paulo-Frankfurt já foram expandidos para cinco frequências semanais em junho. Com os três voos da SWISS, o Lufthansa Group passará a oferecer oito voos semanais do Brasil para a Europa, a partir de julho; além da operação da Lufthansa Cargo, que conecta Viracopos à Frankfurt com 5 voos cargueiros semanais, cumprindo papel importante no abastecimento de suprimentos - inclusive médicos - durante a pandemia.

PostHeaderIcon GOL lança check-in por WhatsApp

Pioneira e inovadora, investindo continuamente em produtos e serviços que melhorem a experiência e otimizem o tempo dos Clientes, a GOL Linhas Aéreas, maior Companhia do País, disponibiliza nesta sexta-feira novas funcionalidades em seu atendimento via WhatsApp, dando um primeiro passo para a integração de serviços por meio do aplicativo gerando ainda mais comodidade e conveniência.

O check-in, disponível antecipadamente no site ou aplicativo da GOL, agora será realizado também por um fluxo simplificado, orientado pela GAL, assistente virtual da Companhia, diretamente no WhatsApp. Com isso, o passageiro terá mais uma alternativa digital de autoatendimento. Somado ao check-in, os Clientes também podem utilizar o serviço para obter informações sobre como gerenciar os seus voos.

Nesta fase inicial, o acesso será disponibilizado com comunicações personalizadas para os Clientes selecionados com viagens próximas, que ainda não realizaram o check-in, colaborando para evitar aglomerações nos aeroportos.

As novas medidas de Segurança nos aeroportos aumentam também o tempo de deslocamento interno. Com isso, a Companhia reforça a solicitação aos Clientes para que façam o check-in online no http://www.voegol.com.br ou no aplicativo (disponível nas lojas virtuais da Apple e do Google), que está liberado desde 1.º de julho com 48 horas de antecedência (até o limite de 1 hora) antes do voo.

Se mesmo assim o Cliente precisar ir ao balcão, inclusive para despachar a sua mala, a Companhia antecipou a liberação ao passageiro para 3 horas antes do embarque, encerrando o processo 1 hora antes da abertura do portão.

PostHeaderIcon Azul implementa tecnologia que rastreia bagagem de Clientes em todos os voos da companhia

Ficar sem saber aonde exatamente está a mala não é mais uma questão para Clientes que voam com a Azul. Inédito no país, a companhia criou uma ferramenta de rastreio de bagagem que monitora o caminho das malas desde o despacho no check-in até a entrega no destino final. Em Cuiabá, onde os testes foram feitos, os índices de extravio de bagagem vem diminuindo a cada dia nos voos da empresa que partem ou chegam da capital do Mato Grosso.

A tecnologia funciona com aparelhos semelhantes a smartphones que são utilizados pelos Tripulantes da Azul para fazer a leitura do código de barras que acompanha a etiqueta da bagagem despachada. Com o “traking code”, ou código de rastreamento em português, a mala é rastreada a cada manuseio e o status da bagagem é enviado para um sistema de controle. Por meio do aplicativo da Azul, o Cliente recebe notificações sobre três diferentes etapas de movimentação de sua bagagem: o próprio check-in - não sendo mais necessário a entrega do “canhoto” da etiqueta para o Cliente -, o carregamento na aeronave e a restituição, na esteira de bagagens, no aeroporto de destino final.


“Essa tecnologia faz parte de uma das nossas frentes de atuação, que visa integrar os serviços e otimizar nossa operação, trazendo mais eficiência para o dia a dia da companhia. Começamos a testar essa tecnologia nos voos entre Campinas e Cuiabá durante um período e hoje já é uma realidade em todas as bases da Azul, fornecendo informações aos Clientes e, ao mesmo tempo, controlando o fluxo de bagagens despachadas e restituídas e reduzindo os extravios de bagagem”, afirma Kléber Linhares, diretor de tecnologia da Azul.

O executivo também destaca a logística para levar o novo sistema a todas as bases de operação da Azul. “Treinamos mais de mil Tripulantes para lidar com essa ferramenta e já enviamos mais de 300 aparelhos de rastreio para a implementação dessa tecnologia nos aeroportos nacionais e internacionais que a empresa opera. Esperamos concluir em pouco tempo o alinhamento com as áreas operacionais e terceirizados, fazendo com que essa leitura seja parte da rotina de nossas bases, melhorando nossa operação e contribuindo para a experiência do Cliente que voa Azul”, destaca Kléber.

Além de trazer informações úteis para o Cliente, a ferramenta alimenta um sistema interno que fortalece o controle da companhia em todas as bagagens em trânsito. A empresa, que já detém os melhores números do setor, tem a expectativa de rastrear 100% das bagagens e reduzir ainda mais o percentual de extravio, que passou de 2,14 em abril para 1,89 bagagens para cada mil Clientes transportados em junho.
sexta-feira, 3 de julho de 2020

PostHeaderIcon Embraer anuncia investimento na Tempest, especializada em cibersegurança


A Embraer anuncia a assinatura de contrato para investimento no capital da Tempest Security Intelligence, resultando em uma participação acionária majoritária na empresa. Maior empresa especializada em cibersegurança do Brasil, a Tempest se posiciona como um provedor de soluções completas para proteção de negócios no mundo digital. Com escritórios no Recife, São Paulo e Londres, atende mais de 300 clientes no Brasil, na América Latina e na Europa.

Fundada no Recife no ano 2000, a Tempest é uma das empresas investidas pelo Fundo de Investimento em Participações (FIP) Aeroespacial criado pelo BNDES, pela FINEP, pela Agência de Desenvolvimento Paulista (DESENVOLVE SP) e pela própria Embraer, com o objetivo de fortalecer a cadeia produtiva aeroespacial, aeronáutica, de defesa e segurança. Por meio do Fundo Aeroespacial, a Embraer já tinha participação indireta na Tempest desde 2016.

“É com muita satisfação que anunciamos este investimento na Tempest, empresa com grande expertise técnica e inserção no mercado internacional”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “A Embraer sempre incentivou o desenvolvimento de uma cadeia nacional para a indústria aeronáutica e de defesa no Brasil e tem como uma de suas prioridades o foco no segmento de segurança cibernética”.

Para a Tempest, o investimento da Embraer, além de demonstrar a relevância que a cibersegurança tem hoje para a indústria de alta tecnologia e o setor de defesa, significa a potencialização das perspectivas de crescimento e expansão dentro e fora do Brasil. O país é o segundo do mundo com maior índice de cibercrimes, perdendo apenas para a Rússia. Como consequência, as empresas brasileiras perdem até US$ 10 bilhões por ano em crimes virtuais, que envolvem roubos financeiros, de propriedade intelectual e de informações confidenciais.

“Esta parceria é um marco para a Tempest, e estamos muito entusiasmados com os próximos passos. O mercado de cibersegurança é global e está em franca expansão. Continuaremos a investir na evolução do portfólio com a missão de estar sempre à frente das crescentes ameaças digitais que afetam os nossos clientes, sendo referência no Brasil e com atuação internacional", afirma Cristiano Lincoln Mattos, CEO e sócio-fundador da Tempest. “A robustez da Embraer vai nos ajudar a expandir essa missão para novos mercados.”

Potencializada pelo investimento da Embraer, a Tempest seguirá como uma empresa autônoma, mantendo a sua marca, o seu time de sócios e líderes, encabeçado por Lincoln Mattos, os seus mais de 300 colaboradores e a sua independência e agilidade operacional.

A conclusão do negócio está sujeita ao cumprimento de determinadas condições usuais para esse tipo de transação e obtenção de aprovações necessárias.

PostHeaderIcon Airbus anuncia novas adaptações ao cenário da Covid-19

A Airbus anuncia novos planos para adaptar sua força de trabalho global e redimensionar sua atividade de aeronaves comerciais em resposta à crise da Covid-19. A previsão é que essa adaptação resulte em uma redução de cerca de 15.000 posições de trabalho até a metade de 2021. O processo de informação e consulta com os parceiros sociais começou com o objetivo de alcançar acordos para implementação a partir setembro de 2020.

Negócios que envolvem o setor de aviação comercial caíram cerca de 40% nos últimos meses, com o setor enfrentando uma crise sem precedentes. As taxas de produção de aeronaves comerciais foram adaptadas de acordo com a demanda. A Airbus agradece o apoio do governo que permitiu à Companhia limitar essas medidas de adaptação necessárias. No entanto, como o tráfego aéreo não deve se recuperar para os níveis pré-Covid antes de 2023 e potencialmente até 2025, a Airbus agora precisa tomar medidas adicionais para refletir as perspectivas da indústria após a Covid-19.

Após a análise aprofundada da demanda de clientes que ocorreu nos últimos meses, a Airbus antecipa a necessidade de adaptar sua força de trabalho global devido à Covid-19 em aproximadamente:

• 5.000 posições de trabalho na França

• 5.100 posições de trabalho na Alemanha

• 900 posições de trabalho na Espanha

• 1.700 posições de trabalho no Reino Unido

• 1.300 posições de trabalho em outros escritórios da Airbus em todo o mundo

Esses números incluem as subsidiárias Stelia na França e Premium AEROTEC, na Alemanha. No entanto, os números não incluem as aproximadamente 900 posições de trabalho decorrentes de uma necessidade pré-Covid-19 para reestruturar a Premium AEROTEC na Alemanha, onde agora será implementado o plano de adaptação global.

Os detalhes desse plano de adaptação da Covid-19 precisam ser finalizados com os parceiros sociais.

Embora as ações obrigatórias não possam ser descartadas nesta fase, a Airbus trabalhará com seus parceiros sociais para limitar o impacto desse plano contando com todas as medidas sociais disponíveis, incluindo saídas voluntárias, aposentadoria antecipada e esquemas de desemprego parcial de longo prazo, quando apropriado.

"A Airbus está enfrentando a crise mais grave que esse setor já passou", afirma Guillaume Faury, CEO da Airbus. "As medidas que tomamos até agora nos permitiram absorver o choque inicial dessa pandemia global. Agora, precisamos garantir que possamos sustentar nossa empresa e emergir da crise de forma saudável como líder aeroespacial global, ajustando-nos aos desafios esmagadores de nossos clientes. Para enfrentar essa realidade, precisamos agora adotar medidas de maior alcance. Nossa equipe de administração e nosso Conselho de Administração estão totalmente comprometidos em limitar o impacto social dessa adaptação. Agradecemos aos nossos parceiros governamentais, que nos ajudam a preservar nossa experiência e conhecimento o máximo possível e têm desempenhado um papel importante na limitação do impacto social dessa crise em nosso setor. As habilidades e competências das equipes da Airbus nos permitirão perseguir nossa ambição de consolidar um futuro sustentável para o setor aeroespacial".

PostHeaderIcon RIOgaleão adota medidas para acompanhar a retomada de voos e passageiros

Este mês, a GOL Linhas Aéreas irá incrementar sua operação no Aeroporto Internacional Tom Jobim, ampliando em 167% o número de voos da companhia aérea no RIOgaleão, em relação a junho. A estimativa é que o número de passageiros passe de cerca de 57 mil, no último mês, para mais de 185 mil em julho. Além da companhia aérea, Air France, KLM e TAP seguem operando voos internacionais no RIOgaleão. Apesar do incremento, a concessionária estima que o número de voos no aeroporto este mês represente queda de 81% em relação a julho de 2019.

Esta ampliação de voos representa a retomada da operação do RIOgaleão no cenário pós-pandemia da COVID-19, com a adoção de novos protocolos para garantir a segurança de passageiros e da comunidade aeroportuária. O número de destinos domésticos operados pelo aeroporto passará de 12, em junho, para 18, este mês. Para o RIOgaleão, este reforço da malha doméstica representa uma grande oportunidade não apenas para retomar voos internacionais quando as fronteiras forem reabertas, mas para conquistar novas rotas fora do Brasil.

"Como a principal porta de entrada de visitantes do Rio de Janeiro e importante terminal logístico para cargas de alto valor agregado, o RIOgaleão está pronto para desempenhar papel relevante na retomada da economia do Rio de Janeiro", disse Alexandre Monteiro, presidente da Concessionária RIOgaleão.

Programa de incentivos e retomada de voos

Neste momento de desafios para o setor aéreo mundial, a concessionária RIOgaleão colocou em prática um programa de incentivos às empresas aéreas no Aeroporto Internacional Tom Jobim, com o objetivo de viabilizar os melhores custos para essas companhias, lutando pela continuidade de suas operações. A retomada das atividades do aeroporto é importante não apenas para o próprio RIOgaleão, mas também para a cidade e o estado do Rio de Janeiro, já que o equipamento contribui com parte significativa da economia e com a geração e manutenção de mais de 170 mil empregos da cadeia que fomenta, sem contar o valor socioeconômico do transporte de cargas aéreas.

Prontos para a retomada em segurança

Desde o início do decreto de emergência sanitária, o RIOgaleão ativou o plano de enfrentamento ao COVID-19, que incluiu ações de treinamento e prevenção com a comunidade aeroportuária, empresas de serviços auxiliares ao transporte aéreo demais prestadores de serviços. Com a retomada da movimentação no terminal, a concessionária colocou em prática uma série de medidas para garantir a segurança de passageiros e da comunidade aeroportuária.

O Aeroporto Internacional Tom Jobim está 100% ativo, operando 24 horas por dia, sete dias por semana. Além dos protocolos obrigatórios determinados pela Anac e pela Anvisa para aeroportos internacionais, a concessionária adotou medidas adicionais para garantir ao passageiro uma jornada segura e confiável até o fim de sua viagem. O RIOgaleão também está apoiando cessionários e o trade turístico fluminense, oferecendo capacitação e treinamento para lidar com a nova dinâmica necessária às operações dentro e fora do aeroporto neste momento de retomada.

PostHeaderIcon LATAM Pass lança promoção para clientes ganharem até 45 mil pontos ao aderirem cartões LATAM Pass Itaucard


O LATAM Pass lança campanha para este mês de julho que bonificará novos clientes do LATAM Pass Itaucard com até 45 mil pontos. A promoção é válida de 01/07/2020 a 31/07/2020 para os clientes que contratarem cartões LATAM Pass Itaucard nas variantes Black, Platinum e Gold e realizarem uma compra de no mínimo R$ 200,00 (duzentos reais) até 15 de setembro de 2020. As condições são exclusivas para contratações nos canais LATAM.

Cumpridos tais requisitos, os clientes receberão os seguintes pontos e benefícios LATAM Pass:

· Black: 25.000 (vinte e cinco mil pontos), Tier Gold (validade até 31/03/2021) + 20 mil pontos bônus mantendo o gasto de R$20.000 em compras por fatura durante os 3 primeiros meses;

· Platinum: 10.000 (dez mil pontos), mais 8 mil pontos bônus mantendo o gasto de R$4.000 em compras por fatura durante os 3 primeiros meses;

· Gold: 6.000 mil (seis mil pontos), mais 2 mil pontos bônus mantendo o gasto de R$2.000 em compras por fatura durante os 3 primeiros meses.

Todas estas condições serão válidas desde que seja realizado o pagamento integral das faturas. Os pontos serão creditados uma única vez, no prazo de até 60 dias contados da data do pagamento integral da 3ª fatura.

Especificações gerais da campanha:

- Validade da promoção: 01 a 31 de julho de 2020

- Bonificação:

        a) Black: Até 45 mil pontos: 25 mil pontos de ativação com gasto mínimo de R$200 + 20 mil pontos extras mediante gasto mínimo em compras no período exigido + Tier Gold (validade até 31/03/2021;

        b) Platinum: Até 18 mil pontos: 10 mil pontos de ativação com gasto mínimo de R$200 + 8 mil pontos extras mediante gasto mínimo em compras no período;

        c) Gold: Até 8 mil pontos: 6 mil pontos de ativação com gasto mínimo de R$200 + 2 mil pontos extras mediante gasto mínimo em compras no período.

Todas as informações podem ser consultadas em: LATAM PASS ITAUCARD

Clientes com cartões das variantes Internacional não são elegíveis à condição.