Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
sexta-feira, 9 de março de 2018

PostHeaderIcon Senado brasileiro aprova acordo de Céus Abertos entre Brasil e Estados Unidos


O Senado Federal tomou uma decisão histórica em 7 de março: aprovou o Acordo de Céus Abertos entre o Brasil e os Estados Unidos. A matéria ainda será ratificada pelo presidente Michel Temer. O Movimento Brasileiro pelos Céus Abertos parabeniza a decisão dos senadores, que beneficiará toda a sociedade brasileira, estimulando o turismo e a economia do País. Seguimos em defesa de uma maior competição e modernização do mercado de aviação brasileiro.

O Acordo de Céus Abertos entre o Brasil e os Estados Unidos retira as restrições e burocracias que impendem um maior número de voos internacionais entre os dois países, que sem o Céus Abertos é de apenas 301 voos semanais. Ao aprovar o Acordo de Céus Abertos o Senado colabora para fortalecer a competição entre as companhias aéreas, que podem abrir voos para cidades ainda não atendidas, oferecer melhores horários e conexões, expandir e fortalecer o transporte de carga e ainda aumentar a oferta de empregos nas indústrias de aviação e turismo. O acordo também facilita o comércio e atrai novos negócios, encorajando o aumento da produtividade e investimentos em infraestrutura no país. O acordo é pró-consumidor, pró-competição e pró-crescimento, pois estimula o comércio internacional, promove o desenvolvimento econômico e permite que companhias aéreas ofereçam aos consumidores um serviços mais barato, mais conveniente e eficiente.

Com a aprovação do acordo, segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), o número total de passageiros em rotas internacionais com origem ou destino no Brasil pode aumentar em até 47%. Ainda de acordo com a associação, o Céus Abertos pode gerar até 6 milhões de passageiros internacionais a mais para o Brasil, estimulando o turismo e a economia brasileira. Uma maior competição entre as companhias aéreas, que podem criar voos e rotas seguindo a demanda dos consumidores, tende a reduzir o preço das tarifas aéreas.

O acordo de Céus Abertos oferece uma grande oportunidade para companhias aéreas. Atualmente a cada mil habitantes brasileiros são realizadas 26 viagens aos Estados Unidos, muito embora os destinos mais visitados por Brasileiros sejam no país norte-americano, segundo levantamento da Expedia. Em outros países onde o acordo já foi implementado esse número é de cerca de 53 viagens.

0 comentários:

Postar um comentário