Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

PostHeaderIcon Base da Swissport em Congonhas recebe prêmio mundial por projeto na área de Safety

A Swissport Brasil foi reconhecida mundialmente pelo trabalho na área de safety realizado na base do Aeroporto de Congonhas em São Paulo. O prêmio, concedido na categoria Envolvimento dos Colaboradores, foi dado ao programa SHIP (Safety and Health Improvement Plan ) pelos resultados alcançados em Congonhas, como redução do nível de ocorrências e envolvimento de todo time na renovação dos espaços de uso dos funcionários, tais como vestiários, sala de descanso e área de manutenção.

A base foi premiada também pela postura proativa em safety, com diversas ações e campanhas, e a capacidade de inspirar transformações em outras bases da empresa no país. A premiação envolve mais de 272 inscrições recebidas e 33.715 funcionários, votando em quatro categorias. Apenas a melhor leva o Employee Engagement Award que foi concedido para a unidade da Swissport em Congonhas.

O programa SHIP teve seu início na América Latina em 2017 e tinha como desafio mostrar que Safety é atribuição de todos os colaboradores e não de um departamento. “Aproveitamos este momento para quebrar um paradigma da indústria brasileira e unificamos os departamentos Safety e SESMT transformando em QHSE (Quality, Health, Safety and Enviromental) sob uma única diretriz: voltando para casa seguro e com saúde todos os dias”, comenta Renata Darakjian, CEO da Swissport no Brasil.

Em um primeiro momento, a empresa trabalhou na nova estrutura e definição das responsabilidades, comunicação, sinergia entre as áreas e padronização dos processos, avaliações de risco, programas de conscientização, análise mensal dos KPIs (indicadores-chave de performance) e criação de um canal aberto com os colaboradores.

“Neste processo, transformamos Congonhas em modelo para a mudança cultural e trabalhamos com três aspectos fundamentais para isso: o trabalho em equipe, a comunicação e o comprometimento”, disse a CEO da Swissport no Brasil. Uma estrutura de papéis e responsabilidades foi criada, as equipes foram informadas para que se envolvessem no processo de criação de uma cultura de Safety e estivessem comprometidas em conduzir todo o trabalho. “Aprendemos que Safety nunca pode estar nos bastidores, tem que ser algo vivo, presente. Não apenas no trabalho, mas na vida das pessoas”, disse Renata.

No ano passado, a Swissport registrou uma queda de 30% nas ocorrências de acidentes em todas as bases graças ao projeto de Safety. Os dados são de 2018 em comparação com 2017. Nas bases de Porto Alegre e Vitória, depois da implantação do programa, os acidentes foram zerados ao longo de 2018. Em Salvador, a redução foi de 67% e em Congonhas, 86%, caindo de 40 ocorrências para 8. “Se olharmos só Congonhas e levarmos em conta que naquele aeroporto a Swissport faz nada menos que 50 mil atendimentos por ano dá para perceber o quanto o programa foi capaz de envolver as pessoas e de fato mudar a cultura de Safety”, disse Renata.

Presente em 280 aeroportos de 48 países e administrando 133 armazéns de carga aérea, a Swissport oferece uma gama bastante abrangente de serviços aeroportuários – incluindo suporte às operações das aeronaves (Ground Handling), serviços de carga aérea, suporte à aviação executiva e serviços de Segurança da Aviação Civil (AVSEC). Além de prover serviços de treinamento à comunidade aeroportuária.

Prestes a completar duas décadas de atuação no Brasil, a Swissport está presente nos 12 principais aeroportos brasileiros, gerando aproximadamente 5 mil empregos diretos. Mensalmente, atende 26 mil voos. A preocupação da Swissport com a Segurança Operacional fez com que a empresa fosse a primeira do setor, no Brasil, a receber a certificação ISAGO, em 2015 (uma auditoria da IATA com foco na segurança operacional).

Em todo o mundo, Swissport International Ltd oferece serviços em solo para mais de 265 milhões de passageiros e movimenta 4,7 milhões de toneladas de carga por ano, atendendo 850 companhias no segmento de aviação. Com um time de colaboradores de 62 mil pessoas, a Swissport tem mais de 280 bases em 48 países, nos cinco continentes e gera uma receita de operação consolidada de 2,7 bilhões de euros.

0 comentários:

Postar um comentário