Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
sábado, 21 de março de 2020

PostHeaderIcon LATAM repatriou 3.370 pessoas entre 19 de março e o meio-dia de hoje (21)

O Grupo LATAM Airlines informa que entre 19 de março e meio-dia de hoje (21), o programa de repatriamento da empresa operou 19 voos internacionais, beneficiando 3.370 pessoas. A LATAM estima que em 23 de março, o número de passageiros transportados chegue a 7.000 no total, um número que pode aumentar, uma vez que novos voos estão sendo programados constantemente em resposta às necessidades dos passageiros.

A LATAM continua trabalhando com as autoridades de diferentes países para obter permissões operacionais extraordinárias para trazer de volta passageiros que não conseguem voltar para casa devido à crise de saúde global causada pelo Coronavírus (COVID-19).

No caso do Peru, a empresa espera obter todas as licenças necessárias para que seus passageiros possam chegar aos seus destinos sem problemas.

Para facilitar o registro dos passageiros que precisam voltar para casa, a empresa ativou um formulário no site para que eles preencham com seus dados. A LATAM entrará em contato com seus passageiros progressivamente à medida que a data dos voos especiais de repatriação se aproximar.

Os detalhes dos voos operados são os seguintes:

19 de março:

LA1164 Hanga Roa-Santiago

LA2500 Santiago-Lima

20 de março:

LA1164 Hanga Roa-Santiago

LA1162 Hanga Roa-Santiago

LA9450 São Paulo-Lima

LA9451 Lima-São Paulo

LA9455 Londres-São Paulo

LA1137 Miami-Bogotá

LA1137 Bogotá-Santiago

LA2489 Miami-Lima

LA1120 Sydney-Santiago

LA1116 Santiago-Cusco

LA1115 Cusco-Santiago

LA9461 Santa Cruz-São Paulo

LA 1232 Santiango-Punta Cana

Enquanto isso, nas próximas horas serão planejados 17 voos adicionais, que até o momento estão em aprovação com as autoridades e serão anunciados assim que as licenças forem emitidas.

0 comentários:

Postar um comentário