Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
domingo, 24 de maio de 2020

PostHeaderIcon Conselho da IATA apresenta medidas para a retomada do setor



A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA - International Air Transport Association) anunciou o compromisso dos CEOs das companhias aéreas membros de seu Conselho com cinco princípios para reconectar o mundo por meio do transporte aéreo. Esses princípios são:



1. A aviação sempre colocará a segurança em primeiro lugar: As empresas aéreas se comprometem a trabalhar com nossos parceiros de governos, instituições e todo o setor para:

• Implementar um regime de biossegurança baseado em evidência científica que manterá nossos passageiros e tripulantes em segurança, permitindo operações eficientes.

• Garantir que a aviação não seja um meio de propagação de doenças transmissíveis, incluindo a COVID-19.

2. A aviação responderá com flexibilidade à medida em que a crise e a ciência evoluírem: As empresas aéreas se comprometem a trabalhar com nossos parceiros de governos, instituições e todo o setor para:

• Usar novas descobertas científicas e tecnológicas assim que estiverem disponíveis, por exemplo, soluções seguras, em larga escala e eficientes para testes da COVID-19 ou passaportes de imunidade.

• Desenvolver uma abordagem previsível e eficaz para gerenciar fechamentos de fronteiras ou restrições de mobilidade que possam ocorrer no futuro.

• Garantir que as medidas tenham respaldo científico e que sejam economicamente sustentáveis e viáveis do ponto de vista operacional, submetidas à revisão contínua e removidas/substituídas quando não forem mais necessárias.

3. A aviação será um dos principais impulsionadores para recuperação econômica: As empresas aéreas se comprometem a trabalhar com nossos parceiros de governos, instituições e todo o setor para:

• Restabelecer capacidade para atender às demandas da recuperação econômica o mais rápido possível.

• Garantir transporte aéreo acessível disponível no período pós-pandemia.

4. A aviação cumprirá com suas metas ambientais: As empresas aéreas se comprometem a trabalhar com nossos parceiros de governos, instituições e todo o setor para:

• Atingir nossa meta de longo prazo de reduzir até 2050 as emissões líquidas de carbono para metade dos níveis de 2005.

• Implementar com sucesso o esquema de compensação e redução de carbono da aviação internacional (CORSIA - Carbon Offsetting and Reduction Scheme for International Aviation).

5. A aviação irá operar segundo padrões globais harmonizados e mutuamente reconhecidos pelos governos: As empresas aéreas se comprometem a trabalhar com nossos parceiros de governos, instituições e todo o setor para:

• Estabelecer os padrões globais necessários para a retomada eficaz da aviação, com base principalmente em fortes parcerias com a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

• Garantir que as medidas acordadas sejam efetivamente implementadas e mutuamente reconhecidas pelos governos.

"É importante retomar o transporte aéreo. Mesmo com a pandemia, estão sendo estabelecidas as bases para a retomada do setor por meio da estreita colaboração do setor de transporte aéreo com a OACI, a OMS, governos e outros grupos envolvidos. Mas ainda temos muito trabalho a ser feito. Os líderes das companhias aéreas do mundo todo, ao se comprometerem com esses princípios, promoverão uma retomada segura, responsável e sustentável do nosso setor econômico, que é essencial nesse processo. Voar é o nosso negócio; é a liberdade compartilhada de todos", disse Alexandre de Juniac, diretor geral e CEO da IATA.

0 comentários:

Postar um comentário