Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
sexta-feira, 26 de junho de 2020

PostHeaderIcon VivaAerobus recebe seu primeiro A321neo

A VivaAerobus, transportadora mexicana de baixo custo, recebeu o seu primeiro Airbus A321neo. A aeronave de corredor único e baixo consumo de combustível ajudará a companhia aérea a reduzir sua pegada ambiental, aprimorar a experiência do passageiro e abrir novas rotas.

O A321 é o maior membro da família A320, com capacidade para 240 passageiros. Incorporando os mais recentes motores, avanços aerodinâmicos e inovações da cabine, o modelo oferece uma redução de 20% no consumo de combustível, além de um alcance adicional de até 500 milhas náuticas.

A VivaAerobus baseou sua estratégia de renovação de frota na Família A320neo. Em 2013, a companhia aérea fez um pedido de 52 aeronaves da Família A320, o maior pedido de aeronaves Airbus feito por uma única companhia aérea do México, na época. Em 2017, a companhia se comprometeu com o A321neo e assinou um pedido para 25 aeronaves adicionais. Até o momento, a VivaAerobus opera 37 aeronaves A320, incluindo 19 modelos A320neo.

Desde o início da pandemia da Covid-19, a Airbus e seus clientes têm trabalhado ativamente para atender às necessidades do público durante este período difícil. A VivaAerobus configurou temporariamente 10 aeronaves de passageiros Airbus A320 para transporte exclusivo de carga para apoiar os esforços de combate à Covid-19 em todo o México e anunciou uma campanha para transportar profissionais médicos gratuitamente no país.

Os funcionários da Airbus em toda a América Latina também uniram forças para combater a Covid-19, ajudando a produzir ou adquirir equipamentos de proteção individual em alta demanda por socorristas. No México, a equipe da Airbus produziu protetores faciais para doar aos trabalhadores voluntários de suas Forças Armadas. No Brasil, os engenheiros da Helibras, subsidiária brasileira de helicópteros da Airbus, produziram escudos de proteção facial usando tecnologia de impressão 3D e os doaram para um hospital em Itajubá, onde a empresa está sediada.

A Airbus vendeu mais de 1.050 aeronaves, possui uma carteira de pedidos de quase 650 e possui quase 700 modelos em operação na região da América Latina e no Caribe, representando uma participação de mercado de 59% da frota em serviço. Desde 1994, a Airbus garantiu quase 70% dos pedidos líquidos na região.

0 comentários:

Postar um comentário