Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
domingo, 24 de setembro de 2017

PostHeaderIcon O Breitling DC-3 terminou sua volta ao Mundo



Partindo de Genebra, em Março último, o Breitling DC-3 fez o seu grande regresso à Suíça, após o seu périplo à volta do planeta, aterrando em Sion, onde mais de 100.000 entusiastas vão assistir ao Breitling Sion Airshow 2017. Uma nova proeza para este avião lendário, em perfeito estado de voo, que celebra, este ano, os seus 77 anos.





Para partilhar a sua paixão pela aeronáutica com um vasto público, sob todos os horizontes, a Breitling lançou o seu DC-3 numa volta ao mundo por etapas, que o conduziu nomeadamente aos Balcãs, ao Médio Oriente, à Índia, ao Sudeste Asiático, ao Pacífico e à América do Norte. Esta «Breitling DC-3 World Tour» terminou brilhantemente em Sion, onde o bimotor chegou escoltado pelos Frecce Tricolori, esquadrão de exibição da Força Aérea Italiana. Uma conferência de imprensa permitiu ao comandante de bordo Francisco Agullo apresentar os principais desafios e etapas deste percurso de 45 374 km (24.500 milhas náuticas). Por outro lado, a Breitling decidiu transferir, para a UNICEF, dois francos suíços por cada milha percorrida. No Breitling Sion Airshow 2017, o Breitling DC-3 partilhará o destaque com outras formações e embaixadores da marca, como a Breitling Jet Team, os Breitling Wingwalkers e o homem voador Franky Zapata na sua Flyboard® Air.


A tripulação e alguns passageiros privilegiados não foram os únicos a voar a bordo deste veterano da conquista dos céus. De modo a assinalar o evento, a Breitling criou igualmente uma edição limitada do seu célebre cronógrafo da aviação, o Navitimer, o relógio de culto dos pilotos e dos amantes da aeronáutica, desde 1952, e decidiu fazê-lo viajar no Breitling DC-3, à volta do globo – a fim de que ele seja um verdadeiro cúmplice desta aventura, partilhando todas as escalas, tal como os mais belos momentos nos céus. Os 500 exemplares do Navitimer «Breitling DC-3 World Tour» serão entregues aos seus felizes proprietários com um «logbook» assinado pelo comandante, que contém nomeadamente as horas de descolagem e de aterragem, os tempos de voo, os nomes dos pilotos e as condições meteorológicas em cada etapa. Tudo aquilo que é necessário para reviver, passo a passo, toda a odisseia do avião e do relógio.

0 comentários:

Postar um comentário