Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

PostHeaderIcon Cayman Airways é a primeira companhia aérea a receber o Max 8 no Caribe

A Cayman Airways, empresa aérea nacional das Ilhas Cayman, recebeu a primeira aeronave Boeing 737 Max 8, entregue pela Air Lease Corporation (“ALC”) em novembro durante cerimônia organizada pela Boeing em Seattle, nos Estados Unidos. Como parte de seu plano de modernização da frota, a Cayman Airways está substituindo suas quatro unidades 737-300 com as MAX 8, aumentando a capacidade de assentos em 30% e obtendo uma economia de até 30% com custos de combustível. A aeronave incorpora a mais recente tecnologia de motores CFM International LEAP-1B, winglets de tecnologia avançada e outras melhorias na fuselagem para aprimorar o desempenho e reduzir os custos operacionais.

Atualmente a Cayman Airways opera voos entre as Ilhas Cayman e Estados Unidos nos destinos Miami, Nova York, Tampa, Chicago e Denver. Além de frequências para Cuba em Havana, Jamaica em Kingston e Montego Bay, e Honduras em La Ceiba e Roatan.

“No ano que celebramos 50 anos de serviço seguro e confiável, temos grande orgulho em introduzir o primeiro Boeing 737-Max 8 na nossa frota”, disse Fabian Whorms, presidente e CEO da Cayman Airways. “Ao longo dos próximos 20 meses, adicionaremos três novas unidades do Max 8, à medida que aposentamos nossa frota de aeronaves Boeing 737-300. Mediante um processo de licitação pública, a exclusiva estrutura de locação e as condições oferecidas à Cayman Airways pela ALC nos proporcionaram a oportunidade de ser a primeira operadora do B737-8 MAX baseada no Caribe. Estamos ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com a ALC.”

Foto (esq. à dir.): Kishore Korde, Air Lease Corporation; Ricardo Cavero, The Boeing Company; Phillip Rankin, Cayman Airways; Steve Hazy, Air Lease Corporation; Fabian Whorms, Cayman Airways; e Andrew Zollers, Boeing.

0 comentários:

Postar um comentário