Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
quarta-feira, 29 de maio de 2019

PostHeaderIcon Para a Porsche, sustentabilidade é tão importante quanto máxima qualidade

Sustentabilidade não é negociável: em 2018, a Porsche adquiriu de 7.654 fornecedores produtos e materiais no valor de 9,5 bilhões de euros. Para eles e todos os futuros fornecedores e parceiros da Porsche, o sistema de classificação S - a letra S refere-se à sustentabilidade - se tornará mais um critério no processo de compras a partir de 1º de julho de 2019. "Esse método nos permitirá elevar a questão da sustentabilidade no processo de compras ao mesmo nível de fatores como qualidade, custo e logística pontual", explica Uwe-Karsten Städter, membro do Conselho Executivo da Porsche AG encarregado da área de Compras. "Para nós, sustentabilidade é uma questão de política da companhia. O fundador de nossa empresa, Ferry Porsche, já se preocupava frequentemente com o que poderia ser feito para diminuir a pressão sobre o meio-ambiente. Foi por isso que ele fez questão de unir firmemente o comportamento responsável à filosofia da empresa. Graças à classificação S, nossas ações sustentáveis terão impacto também em nossa cadeia de valor."

O sistema de classificação S será aplicado no futuro ao processo de compras de todas as marcas do Grupo Volkswagen, que dessa forma irá estabelecer padrões para a importância estratégica da questão da sustentabilidade. A classificação S não apenas torna a sustentabilidade parte do contrato, mas também será levada em consideração desde o processo de aquisição. Além das questões sobre efeitos ambientais e fatores sociais, ela também inclui exigências de conformidade. Assim, o sistema de classificação S proporciona à Porsche critérios explícitos sobre os sistemas de gerenciamento ambiental e de energia e as condições de trabalho encontrados em seus fornecedores. Uma classificação S positiva passa a ser um requisito para a emissão de pedidos aos fornecedores. O resultado é que potenciais riscos ao longo da cadeia de suprimento podem ser reduzidos já nas etapas iniciais.

0 comentários:

Postar um comentário