Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
terça-feira, 21 de janeiro de 2020

PostHeaderIcon Air Canada comemora a chegada do primeiro Airbus A220, que dá continuidade ao programa de modernização da sua frota

A Air Canada apresentou na semana passada, para funcionários e convidados especiais que estiveram na sede da empresa em Montreal, o mais novo membro de sua frota, o Airbus A220-300. Construída em Mirabel, na Província de Quebec, a aeronave, que foi projetada pela Bombardier, dá continuidade ao projeto de modernização da frota da Air Canada. O moderno design e a cabine do A220 prometem se tornar extremamente populares entre os clientes. A nova aeronave também vai ajudar a empresa a reduzir a emissão de carbono por meio de uma redução de 20% no consumo de combustível por assento.

“Este é um momento histórico para a Air Canada, pois estamos dando boas-vindas ao Airbus A220 em nossa frota e somos a primeira companhia aérea do Canadá a operar esta aeronave de última geração, projetada pela Bombardier em Mirabel, Quebec. Nossos clientes vão desfrutar de um nível de conforto incomparável em uma aeronave de corredor único, que tem uma eficiência operacional que promete benefícios ambientais e de custo significativos. A chegada da primeira aeronave, do nosso pedido de 45 A220, com um valor de tabela de CAD$ 3,8 bilhões aplicados no momento em que foi feita a solicitação, ressalta a nossa contribuição para a indústria aeroespacial e para a economia do Canadá ", disse Calin Rovinescu, Presidente e CEO da Air Canada.

“Estou especialmente satisfeito com o papel da Air Canada em concluir o pedido de 2016 para a Série C, como era então chamado, em um momento em que o futuro desse programa de aeronaves estava em dúvida. Estamos muito orgulhosos de ter aberto caminho para pedidos de outras grandes transportadoras ", disse Rovinescu.

“A Airbus tem muito orgulho de comemorar com a Air Canada, que é nossa cliente de longa data, a adição do primeiro A220 à sua frota. A Airbus está no Canadá há mais de 35 anos e hoje estamos nos tornando ainda mais canadenses, pois os passageiros do país estão prestes a descobrir uma nova experiência de voo a bordo desta aeronave de ponta projetada e construída no Canadá. Parabéns a todos da Air Canada e à equipe da Airbus Canada em Mirabel por esta conquista fantástica. Esperamos continuar desenvolvendo nossa parceria com a Air Canada nos próximos anos", disse Philippe Balducchi, CEO da Airbus Canada Limited Partnership e Diretor Geral da Airbus no Canadá.

O A220 abre novas oportunidades para a Air Canada

Os passageiros foram recebidos a bordo do A220-300 em 16 de janeiro de 2020, no primeiro voo comercial da aeronave entre Montreal e Calgary. A frota vai receber mais aeronaves do modelo A220, que inicialmente vai operar a partir de Montreal e de Toronto em rotas já existentes no Canadá e entre fronteiras, como Ottawa, Winnipeg, Calgary, Edmonton e Nova York - La Guardia.

As duas primeiras novas rotas do A220 da Air Canada começam em 4 de maio de 2020 com o lançamento do voo de Montreal para Seattle e de Toronto para San Jose, na Califórnia – estes são os únicos voos sem escalas entre estas cidades.

"Além de ser fundamental para o nosso crescimento contínuo, o A220 permitirá à Air Canada fortalecer ainda mais nossa posição nos mercados entre fronteiras e transcontinental. O A220 nos permitirá expandir ainda mais a nossa rede norte-americana, oferecendo aos clientes novas rotas e mais opções de horários durante todo o ano. Ao se conectar a destinos internacionais a partir de nossos hubs no Canadá, os clientes que viajam em um A220 vão se beneficiar da experiência em uma cabine praticamente perfeita, que oferece um nível de serviço e de conforto comparáveis ao de uma aeronave de grande porte," disse Mark Galardo, Vice-Presidente de Planejamento de Rede da Air Canada.

Sobre o A220-300 da Air Canada
O primeiro Airbus A220-300 da Air Canada foi construído nas instalações da Airbus Canada em Mirabel (anteriormente Bombardier), empregando cerca de 2.700 pessoas. Cada A220 inclui peças de 30 fornecedores canadenses. A Air Canada tem pedidos firmes para 45 aeronaves do modelo A220, com um valor total de preço de tabela de CAD$ 3,8 bilhões, aplicado no momento em que o pedido foi feito – os aviões devem ser construídos na fábrica de Mirabel.

A Air Canada será a primeira transportadora norte-americana a operar a versão maior do A220-300, que tem um alcance de 3.200 milhas náuticas. A cabine de duas classes tem 137 assentos: 12 em uma configuração 2x2 na Classe Executiva e 125 em um layout 3x2 na Classe Econômica. Os clientes terão mais espaço individual graças aos assentos mais amplos da frota na classe econômica, de 19 polegadas, e espaços maiores para as malas de mão do que os normalmente oferecidos em aeronaves desse tamanho.

Recursos adicionais incluem janelas maiores e ambiente de LED colorido, além da iluminação personalizada, que contribuem para reduzir o cansaço durante a viagem. Os tetos altos, o espaço extra para os ombros e para as malas de mão fazem deste um interior incomparável no segmento de aeronaves de fuselagem estreita.

Cada assento do A220 dispõe de um sistema de entretenimento de bordo da Panasonic com conteúdo disponível em 15 idiomas e com mais de 1.000 horas de opções de alta qualidade, incluindo conteúdo do serviço premium da Bell Media, Crave e Stingray, um serviço multiplataforma de áudio baseado em Montreal. O sistema também oferece legendas ocultas dinâmicas para deficientes auditivos e é acessível para deficientes visuais. O A220 também terá acesso Wi-Fi por satélite de alta velocidade. A aeronave também reforçará o compromisso ambiental da Air Canada, com motores projetados para reduzir em 20% o consumo de combustível por assento.

0 comentários:

Postar um comentário