Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
quarta-feira, 25 de março de 2020

PostHeaderIcon Air Canada reforça as informações sobre a isenção de multas na remarcação de bilhetes emitidos

A Air Canada divulgou hoje um importante comunicado, esclarecendo as dúvidas de seus clientes sobre a isenção de multas na remarcação de bilhetes emitidos a partir do dia 20 de março de 2020.

Veja como funciona:

- Destinos: válido para todos os destinos operados pela empresa

- Estoque de bilhetes: 014

- Data de emissão: válido para bilhetes emitidos até 31 de março de 2020

- Período da viagem: válido para viagens com data original de partida até 31 de março de 2021

- Data limite de viagem: as facilidades estarão disponíveis para viagens concluídas até 31 de março de 2021

A empresa lembra que a remarcação deve ser realizada com pelo menos duas horas de antecedência ao horário de partida do voo. A alteração gratuita deve estar de acordo com as seguintes regras:

- Remarcação dentro do prazo: isenção de multas; ADCL (diferença de taxas e tarifa) - se houver, serão aplicadas as regras da tarifa.

- Remarcação fora do prazo: a multa será aplicada; ADCL (diferença de taxas e tarifa) - será cobrada de acordo com as regras da tarifa paga pelo passageiro.

- Mudança de destino: dentro da validade do bilhete, os passageiros podem optar por viajar de/para um destino alternativo operado pela Air Canada. Serão isentas as multas de remarcação e a ADCL (diferença de taxas e tarifa) será aplicada.

- Reembolsos: serão feitos dentro das regras tarifárias.

- Endosso de bilhetes: as regras da empresa foram reajustadas para que a multa seja automaticamente cancelada. Caso a multa não seja cancelada automaticamente, em um bilhete com direito a isenção, o passageiro deve utilizar o código de endosso – CHNGFEE20.

- Bilhetes Aeroplan: o viajante deve consultar o Aeroplan para informações sobre as remarcações.

0 comentários:

Postar um comentário