Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
sábado, 27 de julho de 2019

PostHeaderIcon JUICE começa a sua jornada… na Terra

A Airbus Defence and Space completou a primeira etapa da construção da estrutura interna do satélite JUICE da Agência Espacial Europeia (ESA). Esse é o começo da jornada terrestre do satélite por diferentes unidades da Airbus na Europa (Lampoldshausen, Friedrichshafen e Toulouse) rumo à sua montagem final.

A Airbus está construindo a espaçonave JUICE (JUpiter ICy moons Explorer, ou explorador das luas congeladas de Júpiter) para a ESA, que investigará a possibilidade das luas congeladas de Júpiter - Europa, Callisto e Ganymede - abrigarem ambientes habitáveis como oceanos subterrâneos. O JUICE também realizará observações de Júpiter, sua atmosfera e magnetosfera, além de seus outros satélites e anéis. Como principal fornecedora, a Airbus está à frente de um consórcio de mais de 60 empresas de toda a Europa que estão trabalhando nesse projeto.

A estrutura interna, ou SSTS (Structure, Shielding and Thermal control Subsystem - Subsistema de Estrutura, Defesa e Controle térmico), construída na unidade Madri-Barajas da Airbus, é feita de fibra de carbono e composta pelo cilindro central de carga, painéis de cisalhamento, duas câmaras para proteção de equipamentos e o Sistema de Controle Térmico, que inclui uma rede de tubulações de aquecimento, isolamento em multicamadas e elementos secundários, como 13 suportes de fabricação adicionais. Esse elemento essencial pesa 580 Kg e irá suportar o peso do satélite de 5.300 kg (dos quais cerca de 3.000 kg correspondem ao propulsor químico). A distância de Júpiter com relação ao Sol dificultará a geração de energia. Por isso, a espaçonave é equipada com os maiores painéis solares já construídos para um espaçonave interplanetária com uma superfície total de 85 m².

Em maio de 2022, o JUICE dará início à sua viagem de 7 anos para Júpiter, viajando por mais de 600 milhões de quilômetros pelo espaço para realizar a sua missão de três anos e meio no sistema Jovian.

0 comentários:

Postar um comentário