Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

PostHeaderIcon Star Alliance é a única aliança aérea com incremento de passageiros em 2017 no Brasil

Favorecida pela ampla conectividade e pelo maior número de companhias aéreas em atuação no país, a Star Alliance foi a única aliança a ter incremento no número de passageiros em 2017, segundo indicadores da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) até novembro. Ao todo, a rede registrou um tráfego de 5,08 milhões de passageiros a partir do Brasil ou desembarcando em território nacional, contra 4,98 milhões de todo o ano anterior. A representatividade da Star Alliance no montante total de viajantes subiu de 24% para 26%, fazendo dela a segunda maior aliança do país neste quesito. A líder no país apresentou queda de 8,64 milhões para 7,83 milhões (-9,3%), enquanto a terceira colocada computou 3,06 milhões, um déficit de 7,5% em relação aos 3,3 milhões de 2016.

A Star Alliance conta com o maior número de companhias aéreas membros atuantes no mercado brasileiro – 13, contra sete de cada uma das duas alianças concorrentes. São elas: All Nippon Airways (ANA), Air Canada, Air China, Avianca, Avianca Brasil, Copa Airlines, Ethiopian Airlines, Lufthansa, South African Airways, SWISS, TAP Portugal, Turkish Airlines e United. A ANA não opera voos, mas mantém um escritório no país. Oferece rotas para o Exterior a partir de 11 capitais – Belém, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Além disso, as operações domésticas da Avianca Brasil em 28 cidades facilitam o deslocamento dos passageiros de voos internacionais.

A rede também ocupou o primeiro lugar em voos para a América do Norte e Central (5.870), Europa (4.435 - 1.300 frequências a mais do que a segunda colocada) e África (547), ligando o Brasil a 17 países de todos os continentes, exceto a Oceania. Os resultados foram impulsionados por novidades como as rotas para Miami e Santiago, lançadas pela Avianca Brasil; a ampliação das frequências da Copa Airlines em Belo Horizonte, Brasília e Porto Alegre; e a implementação de acordos de code-share da TAP com a Azul e da United com a Avianca.

A Star Alliance lidera em oferta de frequências internacionais em cinco capitais – Belém, Belo Horizonte, Fortaleza, Porto Alegre e Recife. É também a que mais opera voos para a Europa a partir do Rio de Janeiro e para a América do Norte e Central a partir de São Paulo.

“A rede Star Alliance disponibiliza acesso a inúmeros hubs internacionais, por meio dos quais os passageiros brasileiros podem se conectar facilmente ao resto do mundo”, ressalta Rebecca Meadows (Avianca), CSC Chair da aliança no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário