Google Translate
ArabicBlogger Tips And Tricks|Latest Tips For BloggersFree BacklinksBlogger Tips And Tricks Korean Japanese Chinese Simplified
Russian Portuguese English French
German Spain Italian Dutch
quarta-feira, 25 de abril de 2018

PostHeaderIcon BepiColombo, da Agência Espacial Europeia, ruma para base de lançamento

Após anos de desenvolvimento, a espaçonave BepiColombo, que seguirá para Mercúrio a partir do outono de 2018 no hemisfério norte (entre 5 de outubro a 29 de novembro), finalmente decolou. Os primeiros elementos do hardware do BepiColombo foram carregados em um avião de carga Antonov An-124 para serem transportados do Aeroporto de Schiphol em Amsterdam para o espaçoporto europeu de Kourou, na Guiana Francesa. Depois de uma escala para abastecimento nos Açores, o Antonov chegará hoje no seu destino. Este voo da Antonov foi o primeiro dos quatro voos necessários para transportar para Kourou a nave espacial e todo o equipamento de manuseio e testes. Os voos são complementados por três transportes marítimos de outros itens.

Tendo completado um abrangente programa de testes no Centro de Tecnologia ESTEC da Agência Espacial Europeia em Noordwijk na Holanda, a espaçonave BepiColombo está quase pronta para ser lançada. Os preparativos finais para o lançamento serão realizados entre maio e outubro de 2018, para que a nave espacial possa então ser lançada a bordo de um Ariane 5 ECA.

O BepiColombo é a primeira missão da Europa para Mercúrio. Ele partirá no outono de 2018 no hemisfério norte em uma jornada para o menor e menos explorado planeta do nosso Sistema Solar. Quando chegar a Mercúrio no final de 2025, ele será submetido a temperaturas acima de 350° C e coletará dados durante sua missão nominal de um ano, com uma possível extensão de um ano.

O BepiColombo é uma missão interdisciplinar realizada em parceria entre a ESA (Agência Espacial Europeia) e a JAXA (Japan Aerospace Exploration Agency). A missão BepiColombo envolve a entrega do MPO (Mercury Planetary Orbiter) e do MMO (Mercury Magnetospheric Orbiter), respectivamente naves orbitais planetária e magnetosférica, em órbitas complementares ao redor do planeta Mercúrio. A JAXA fornece o MMO, enquanto a Airbus é a contratada principal para a ESA e fornece o MPO e todo o equipamento restante das espaçonaves. A carga científica é fornecida por agências nacionais.

0 comentários:

Postar um comentário